Calha do Rio Amazonas vacina contra aftosa

Produtores devem imunizar cerca de 500 mil bovinos e búfalos, no período de 28 de fevereiro a 13 de abril. Esta é a quarta vacinação oficial, que envolve 12 municípios da região amazônica

A campanha de vacinação oficial contra a febre aftosa começa no dia 28 de fevereiro na Calha do Rio Amazonas. Até 13 de abril, o serviço veterinário oficial deverá imunizar cerca de 500 mil bovinos e búfalos em oito mil propriedades. Rádios e visitas in loco às comunidades e fazendas são os meios utilizados na divulgação. A vacinação conta com o trabalho das equipes dos escritórios de atendimento à comunidade e das unidades veterinárias locais da Comissão Executiva Permanente de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Codesav), subordinada à Secretaria de Estado da Produção Agropecuária, Pesca e Desenvolvimento Rural Integrado.

Para que a imunização em 2011 alcance 100% de abrangência, cerca de 100 médicos veterinários, técnicos estaduais e do Ministério da Agricultura serão capacitados, no período de 24 a 26 de fevereiro, em Manaus. “Haverá uma atualização sobre os procedimentos de vacinação, inspeção clínica dos animais, recadastramento, georreferenciamento das propriedades e coleta de sangue para estudo sorológico”, explica o  responsável técnico do Programa de Erradicação e Prevenção contra a Aftosa no estado, Leandro Oliveira.

A agulha oficial, aplicada pelos técnicos estaduais ou do governo federal, é vista por Oliveira como uma forma de alavancar o programa da aftosa na Calha do Rio Amazonas. “Essa vacinação estratégica é necessária porque 90% das propriedades estão localizadas em regiões de difícil acesso”, informa.

Na campanha de 2010, foram imunizados 97% dos animais na Calha. O estado do Amazonas tem 62 municípios. As outras 50 cidades participam das campanhas regulares em maio e novembro.

Saiba mais

A Calha do Rio Amazonas é composta por 12 municípios: Autazes, Barreirinha, Boa Vista dos Ramos, Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Itacoatiara, Manaus, Maués, Nhamundá, Parintins, Rio Preto da Eva e Urucurituba. O estado do Amazonas tem dois municípios livres de febre aftosa com vacinação: Guajará e Boca do Acre, além de parte dos municípios de Lábrea e Canutama. As demais cidades são classificadas como de alto risco para a doença.



Fonte: Pantanalnews

Nenhum comentário