Archive Pages Design$type=blogging

destaque

TCU constata superfaturamento em nove portos construídos no Amazonas

Em Boa Vista do Ramos, a construção do porto alcança sobrepreço de R$ 1,4 milhão. Foto: Portal BVR
Manaus - O Tribunal de Contas da União (TCU) constatou um superfaturamento de R$ 20,9 milhões na construção de nove portos, alguns ainda em obras, no Amazonas. Os contratos foram firmados em convênios conjuntos do Departamento de Infraestrutura de Transporte (Dnit) e da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) com as construtoras. Conforme o TCU, os órgãos pagaram valores a mais pelas obras dos portos no Estado se comparados aos de mercado.
O TCU decidiu instaurar processo de tomada de contas especial. Em acordãos aprovados pelos ministros, o Tribunal afirma que a decisão é “para adoção conjunta das providências necessárias ao aprofundamento da apuração dos fatos que provocaram prejuízo aos cofres públicos federais, à precisa quantificação do débito e à identificação e citação dos responsáveis solidários, em razão do superfaturamento configurado durante a execução dos contratos”.
Maior valor
Serão alvo de maior apuração as obras dos portos de Barreirinha, Beruri, Boa Vista do Ramos, Canutama , Guajará, Iranduba, Itamarati, São Gabriel da Cachoeira e Tapauá.
O maior sobrepreço, de acordo com o TCU, foi verificado na construção do porto de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). A obra foi contratada por R$ 18.705.926,02, mas, segundo o Tribunal, deveria ter custado R$ 14.939.200,84. O TCU apontou sobrepreço de R$ 3.766.725,18.
Para o TCU, foi verificado sobrepreço em oito itens usados para a construção do terminal de Iranduba. O beneficiamento de aço naval, que inclui serviços de mão de obra e pintura, equipamento e tratamento, é o item com maior sobrepreço. A tonelada do aço naval foi adquirida pelo Dnit ao preço de R$ 7.304,11, mas, para o TCU, o preço de mercado é de R$ 3.055,23. O valor pago a mais foi 139%.
O relator do processo sobre o porto em Iranduba, ministro Augusto Sherman Cavalcanti, citou em seu voto que uma auditoria do setor técnico do tribunal encontrou, além do sobrepreço, mais duas irregularidades: adiantamento de pagamentos e fiscalização ou supervisão deficiente ou omissa. 
O porto em Iranduba está sendo construído pelo Consórcio Sanches Tripoloni-Erin, composto pelas empresas Construtora Sanches Tripoloni Ltda. e Erin Estaleiros Rio Negro Ltda.
Em relação à construção do porto de Canutama, o TCU encontrou sobrepreço em nove itens, incluindo o tratamento superficial e pintura de ponte e de outras estruturas metálicas navais. Para aquisição deste item, o Dnit e a Seinfra pagaram R$ 134,11 por metro quadrado e, de acordo com o TCU, o custo real é de R$ 68,24, um sobrepreço de 96,5%.
A construção do porto de Canutama apresenta sobrepreço total de R$ 3.578.707,53, ou seja, 23,1% acima do valor de mercado, de acordo com o Tribunal de Contas. O valor contratado é R$ 19.104.001,84, sendo que o custo de mercado deveria ser R$ 15.525.294,31, conforme cálculos do TCU.
Dnit transfere responsabilidades
Nos demais portos fiscalizados pelo Tribunal de Contas da União, os sobrepreços variam entre R$ 1,4 milhão e  R$ 2,3 milhões. Na construção do porto de Beruri, o TCU aponta sobrepreço de R$ 1,7 milhão, um aumento de 23% em comparação ao preço de mercado. Em Barreirinha, o sobrepreço chega a R$ 1,8 milhão (aumento de 19,8%).
Na obra de Itamarati, o valor a mais é de R$ 2,2 milhão (20,2%); em São Gabriel da Cachoeira, o sobrepreço foi de R$ 1,7 milhão (15%); em Guajará, é de R$ 2,3 milhões (13%). Já em Tapauá chega R$ 2,2 milhões (14,4%); e no de Boa Vista do Ramos, a construção do porto alcança sobrepreço de R$ 1,4 milhão, um aumento de 13,8% em comparação ao valor de mercado.
O superintendente regional do Dnit, Fábio Galvão, disse que a Seinfra é responsável pela execução das obras dos portos e que o departamento ainda não foi notificado pelo TCU. “O Dnit só repassa o dinheiro e quem executa é a Seinfra. Quem fez a licitação, contratou, executou e fiscalizou as obras foi a Seinfra, então quem tem que falar algo a respeito disso é a secretaria. O Dnit apenas celebrou o convênio e repassou os recursos para o governo do Estado. Mas, se formos notificados, vamos prestar os devidos esclarecimentos”, declarou Galvão.
Procurada pela reportagem, a secretária de Estado de Infraestrutura, Waldívia Alencar, não atendeu os contatos telefônicos. A assessoria de imprensa informou que a Seinfra também não foi notificada pelo TCU sobre a auditoria nos portos.
Fonte: D24am
Nome

acidente agricultura água animal bovinos câmara católico cheia cidadania comunicação concurso contas cooperativa corrupção cultura curso dança denúncia deputado destaque drogas economia educação eleições emprego enche enchente enchete encontro energia entretenimento esporte festa folclore futebol governador idam indígena infra estrutura internet justiça literatura luta maués meio ambiente moda morte municípios música padre padroeira pagamento parintins pescadores politica política porto prefeito prefeitura prisão processo seletivo professor projeto rondon psc reclamação recursos religião ronilson de souza rural saae saneamento básico saúde segurança senador tce telefonia trabalhador tráfico transporte uea veículo verbas vereador vestibular vivo
false
ltr
item
Portal de Boa Vista do Ramos: TCU constata superfaturamento em nove portos construídos no Amazonas
TCU constata superfaturamento em nove portos construídos no Amazonas
http://2.bp.blogspot.com/-p5TMgAltk2w/VIHnD0Ki_jI/AAAAAAAAFSo/IYKs0DYr_mk/s1600/IMG_20140705_155528.jpg
http://2.bp.blogspot.com/-p5TMgAltk2w/VIHnD0Ki_jI/AAAAAAAAFSo/IYKs0DYr_mk/s72-c/IMG_20140705_155528.jpg
Portal de Boa Vista do Ramos
http://www.portalbvr.com.br/2014/12/tcu-constata-superfaturamento-em-nove.html
http://www.portalbvr.com.br/
http://www.portalbvr.com.br/
http://www.portalbvr.com.br/2014/12/tcu-constata-superfaturamento-em-nove.html
true
3426349743776412851
UTF-8
Not found any posts Leia mais Reply Cancel reply Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDAMOS PARA VOCÊ Tag ARCHIVE Busca Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago