Archive Pages Design$type=blogging

destaque

TCE alerta prefeituras que deixaram de cumprir repasses à educação

Os 17 municípios alertados pelo tribunal estão sujeitos à intervenção do governo do Estado.
Manaus - O Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) emitiu alertas a 17 prefeituras do interior do Amazonas por não aplicarem, até dezembro de 2013, os valores mínimos estabelecidos pela Constituição Federal e pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em saúde, educação e nas despesas com os professores da rede pública municipal de ensino.
O governo do Estado pode intervir nas prefeituras que não regularizarem os repasses. Entre as demais penalidades previstas, está o pagamento de multa por descumprimento das normas federais.
Os alertas foram assinados pelo presidente do TCE, conselheiro Josué Filho, publicados do Diário Oficial do tribunal, na última segunda-feira, e encaminhados às prefeituras de Maués, Apuí, Novo Aripuanã, Santa Izabel do Rio Negro, Juruá, Alvarães, Beruri, Boa Vista do Ramos, Caapiranga, Ipixuna, Santo Antônio do Içá, Envira, Maraã, Tefé, Parintins e Urucurituba. As prefeituras de Apuí e Ipixuna são reincidentes porque já foram alertadas, em julho do ano passado, além das prefeituras de Envira e Tefé, que foram alertadas pelo tribunal, em julho e setembro de 2013, por não efetuar os repasses constitucionais.
A Prefeitura de Novo Aripuanã foi alertada por, entre outros motivos, ter destinado 59,55% do orçamento, até o 3º bimestre do ano passado, para pagamento de pessoal. A LRF estabelece que o limite prudencial de gastos com pessoal é de 51,3% e o limite total de 54% do orçamento municipal.
De acordo com a Constituição Federal, as prefeituras devem destinar 25% dos recursos da arrecadação de impostos para melhorias na educação e 15% destes recursos para investimentos na saúde pública. A Constituição estabelece ainda que 60% dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) sejam para despesas com profissionais do magistério.
Das 17 prefeituras, 15 não estão destinando os 60% do Fundeb previstos para o pagamento de professores. Entre elas, as que menos destinaram recursos para esta finalidade foram as prefeituras de Maraã, Santa Izabel do Rio Negro e Boa Vista do Ramos com, respectivamente, 8,54%, 15,32% e 30,12% em repasses para o pagamento dos professores.
Há, ainda, 11 prefeituras que não estão investindo os 15% previstos pela Constituição Federal em saúde pública. As que menos atenderam à Constituição foram, segundo o TCE, as prefeituras de Santa Izabel do Rio Negro, Urucurituba e Ipixuna, que destinaram, respectivamente, 5,47%, 6,93% e 6,03% da arrecadação dos impostos em melhorias em saúde pública nos municípios.
Oito das 17 prefeituras alertadas pelo tribunal não investiram sequer 20% dos 25% previstos pela Constituição para educação. Destas, as que menos destinaram recursos à educação, até o final de 2013, foram Caapiranga, que destinou 6,04% de recursos à rede pública de ensino, Ipixuna e Parintins, que destinaram, respectivamente, 7,30% e 11,29% da arrecadação de impostos municipais para aplicação em melhorias na educação.
O PortalD24AM tentou contato com os representantes dos municípios e com os prefeitos de Maraã, Santa Izabel do Rio Negro, Boa Vista do Ramos, Urucurituba, Ipixuna, Caapiranga e Parintins, da última segunda-feira até esta sexta-feira, mas as ligações não foram atendidas.
Em 2013, o tribunal alertou as prefeituras de Itamarati, Careiro da Várzea, Careiro, Manaquiri, Codajás e Iranduba por descumprirem os percentuais mínimos repassados. Os repasses foram regularizados após os alertas. “Os alertas são para este fim, para que o gestor sane as pendências”, disse o ex-presidente do TCE, conselheiro Érico Desterro.
Fonte: D24am
Nome

acidente agricultura água animal bovinos câmara católico cheia cidadania comunicação concurso contas cooperativa corrupção cultura curso dança denúncia deputado destaque drogas economia educação eleições emprego enche enchente enchete encontro energia entretenimento esporte festa folclore futebol governador idam indígena infra estrutura internet justiça literatura luta maués meio ambiente moda morte municípios música padre padroeira pagamento parintins pescadores politica política porto prefeito prefeitura prisão processo seletivo professor projeto rondon psc reclamação recursos religião ronilson de souza rural saae saneamento básico saúde segurança senador tce telefonia trabalhador tráfico transporte uea veículo verbas vereador vestibular vivo
false
ltr
item
Portal de Boa Vista do Ramos: TCE alerta prefeituras que deixaram de cumprir repasses à educação
TCE alerta prefeituras que deixaram de cumprir repasses à educação
http://4.bp.blogspot.com/-_EgjzT3nql0/UtrQP9AyGkI/AAAAAAAAE50/Sa2w61VnHDI/s1600/91759_460x270_0294417001390009812.jpg
http://4.bp.blogspot.com/-_EgjzT3nql0/UtrQP9AyGkI/AAAAAAAAE50/Sa2w61VnHDI/s72-c/91759_460x270_0294417001390009812.jpg
Portal de Boa Vista do Ramos
http://www.portalbvr.com.br/2014/01/tce-alerta-prefeituras-que-deixaram-de.html
http://www.portalbvr.com.br/
http://www.portalbvr.com.br/
http://www.portalbvr.com.br/2014/01/tce-alerta-prefeituras-que-deixaram-de.html
true
3426349743776412851
UTF-8
Not found any posts Leia mais Reply Cancel reply Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDAMOS PARA VOCÊ Tag ARCHIVE Busca Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago