Archive Pages Design$type=blogging

destaque

Senado aprova MP que permite parcelamento de dívidas de estados e municípios com o INSS

Portal de Boa Vista do Ramos

O líder do governo no Senado, Eduardo Braga, encaminhou voto favorável ao Projeto de Lei de Conversão (PLV) nº 4/2013, resultante da Medida Provisória (MP) nº 589/2012. O projeto, que permite o refinanciamento das dívidas de estados e municípios com a Previdência Social, foi aprovado na tarde desta quinta-feira (18) pelo Senado e vai à sanção presidencial.
“Essa é uma importante medida, que vai auxiliar muitos municípios que, por conta das dívidas com o INSS, não conseguem ter acesso a convênios com o governo federal. Por isso encaminhamos voto favorável da base aliada ao relatório do senador Romero Jucá (PMDB/RR)”, disse Braga.
De acordo com o texto aprovado na Câmara e mantido pelo Senado, poderão ser repactuadas as contribuições sociais vencidas até 28 de fevereiro de 2013. A data limite original era 31 de outubro de 2012. Os pagamentos serão feitos com a retenção de parte do dinheiro dos Fundos de Participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM), em prestações equivalentes a 1% da média mensal da receita corrente líquida. O percentual poderá ser menor se o montante a pagar puder ser dividido em 240 prestações.
Para se beneficiar do parcelamento, os governos devedores deverão aderir às regras até o último dia útil do terceiro mês seguinte ao da publicação da futura lei. Igual prazo valerá para aqueles que já tinham feito o pedido com base na versão original da MP. O relatório de Jucá também prevê a redução total das multas (pelo texto original da MP, essa redução era de 60%) e de 50% dos juros de mora (antes, era de 25%).
A partir da adesão, não poderão ser retidos débitos de parcelamentos anteriores incluídos nas novas regras. A Fazenda Nacional deverá emitir certidão com efeito negativo para regularizar a situação dos municípios que não podem receber novos recursos devido às dívidas. Durante o período entre o pedido e a consolidação do débito, será retido o correspondente a 0,5% da receita por meio do FPE ou FPM, a título de adiantamento.
Assessoria de Imprensa com informações da Agência Senado
Nome

acidente agricultura água animal bovinos câmara católico cheia cidadania comunicação concurso contas cooperativa corrupção cultura curso dança denúncia deputado destaque drogas economia educação eleições emprego enche enchente enchete encontro energia entretenimento esporte festa folclore futebol governador idam indígena infra estrutura internet justiça literatura luta maués meio ambiente moda morte municípios música padre padroeira pagamento parintins pescadores politica política porto prefeito prefeitura prisão processo seletivo professor projeto rondon psc reclamação recursos religião ronilson de souza rural saae saneamento básico saúde segurança senador tce telefonia trabalhador tráfico transporte uea veículo verbas vereador vestibular vivo
false
ltr
item
Portal de Boa Vista do Ramos: Senado aprova MP que permite parcelamento de dívidas de estados e municípios com o INSS
Senado aprova MP que permite parcelamento de dívidas de estados e municípios com o INSS
http://3.bp.blogspot.com/-Y1pBhvN2LJQ/UXCCqiT7O3I/AAAAAAAAEIU/Di-2EO-vdgE/s400/SenEduardoBraga_FotoVagnerCarvalho.jpg
http://3.bp.blogspot.com/-Y1pBhvN2LJQ/UXCCqiT7O3I/AAAAAAAAEIU/Di-2EO-vdgE/s72-c/SenEduardoBraga_FotoVagnerCarvalho.jpg
Portal de Boa Vista do Ramos
http://www.portalbvr.com.br/2013/04/senado-aprova-mp-que-permite.html
http://www.portalbvr.com.br/
http://www.portalbvr.com.br/
http://www.portalbvr.com.br/2013/04/senado-aprova-mp-que-permite.html
true
3426349743776412851
UTF-8
Not found any posts Leia mais Reply Cancel reply Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDAMOS PARA VOCÊ Tag ARCHIVE Busca Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago