Resex Auati-Paraná realiza capacitação em educação do campo

Trabalho que está sendo desenvolvido na Casa Familiar Rural de Boa Vista do Ramos (AM) foi apresentado aos participantes.

O mês de agosto foi marcado pela implementação do Plano de Ação do Conselho Deliberativo da Reserva Extrativista (Resex) Auati-Paraná, Unidade de Conservação (UC) sob gestão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) localizada em Manaus/AM.

Na ocasião, foi realizada capacitação do grupo de trabalho com o tema “Educação do Campo e experiência da Casa Familiar Rural”, desenvolvido pelo professor André de Oliveira Melo, docente da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e membro da Associação de Casas Familiares Rurais do Estado do Amazonas.

Participaram da atividade conselheiros, presidentes de comunidades, professores e comunitários da Resex, que contaram com o apoio da Coordenação de Gestão Participativa  do ICMBio. Durante a capacitação foram realizados debates sobre os conceitos de educação, abordando as diversas esferas em que ela se relaciona, como por exemplo escola, comunidade e trabalho. Trabalho que está sendo desenvolvido na Casa Familiar Rural de Boa Vista do Ramos (AM) foi apresentado aos participantes.

Segundo o membro do Conselho Deliberativo da Resex, Edvaldo Lira, a Casa Familiar Rural pode contribuir para que os moradores da reserva estudem a própria realidade. “Hoje o técnico de pesca vem de outra região para dizer o que deve ser feito. Vivemos de pesca, mas não temos o conhecimento técnico de elaboração de um relatório de manejo de pesca, por isto a necessidade do auxílio”, afirmou Lira.

A proposta do ICMBio foi realizar uma visita a Casa Familiar Rural de Boa Vista do Ramos e trazer para o Conselho um relato de como funciona essa escola. Além da visita, houve ainda a articulação com as instituições para o início de uma proposta para Resex Auati-Paraná.

Segundo a chefe da Resex, Claudia Louro Barbosa, a construção de conhecimento oferece oportunidades para o educando, bem como promove sua inservação social, como cidadão. Com isso, vê-se a mudança em sua vida, com melhorias e intervenções positivas no meio ao qual pertence. “O fortalecimento da educação na UC, independente do nível, está diretamente ligado ao fortalecimento da gestão da Resex”, frisa a chefe da Resex Uati-Paraná.

Hoje a Resex tem seu Conselho Deliberativo constituído por maioria por representantes das comunidades. Garantir a participação das comunidades, com direito a voz e voto dentro da principal instância de gestão da Unidade foi um grande passo do Sistema Nacional de Unidade de Conservação (SNUC, Lei 9.985/00).

“Precisamos ir além, contribuindo para a construção do conhecimento dentro da Unidade, integrando conhecimento tradicional e técnico, necessários a proposições e tomada de decisões conscientes em prol do coletivo e dos objetivos da Resex”, explica Cláudia.

Fonte: ICMbio

Nenhum comentário