Tony volta a criticar falhas no fornecimento de energia para o interior

Na reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa do Amazonas, ocorrida na terça-feira (02), o deputado Tony Medeiros foi duro ao criticar o descaso da Eletrobras/|Amazonas Energia em solucionar o problema de falta de energia elétrica no interior do Amazonas.
Tony disse que durante o recesso parlamentar, que durou 15 dias, percorreu 11 municípios onde vivem mais de 400 mil pessoas. O deputado conversou com moradores e conheceu os problemas das comunidades. “Em todos os municípios e localidades onde passei, o problema constante é a falta de energia elétrica”, afirmou Tony.
O deputado viajou por toda a região do Baixo Amazonas, onde visitou os municípios de Rio Preto da Eva, Itapiranga, Silves, Itacoatiara, Maués, Boa Vista do Ramos, Barreirinha, Parintins, Nhamundá e Urucará, entre outros.
“Existem outros problemas como a defasagem nos serviços de saúde, comunicação e segurança”, destacou o deputado. “Embora existam vários problemas, a falta de energia elétrica confiável é o que mais incomoda as pessoas”, acrescentou.
Ao conversar com os moradores, Tony soube que muitas empresas dos setores moveleiro e varejista manifestaram interesse em instalar-se no interior. O problema, segundo moradores, é o inconstante fornecimento de energia elétrica que inviabiliza a instalação das empresas. “Sem energia elétrica confiável, nenhuma empresa se dispõe a criar filiais no interior”, ressaltou Tony. Quando assumiu o mandato de deputado estadual, em fevereiro deste ano, o primeiro discurso de Tony foi em defesa do fornecimento de energia para os municípios e comunidades do interior.
Naquela ocasião, o deputado apresentou o projeto que estende o linhão de Tucuruí aos municípios da margem direita do rio Amazonas, entre eles Parintins, Barreirinha e Maués.


“O projeto do linhão de Tucuruí, que traz energia do Estado do Pará, só beneficia as cidades do lado esquerdo do rio Amazonas. Queremos estender o linhão também às comunidades do lado direito”, explicou Tony.
O projeto que trata da extensão do linhão foi enviado ao ministro de Minas e Energia, Édison Lobão, que disse ser favorável à mudança na rota do linhão. “O Governo Federal disse que vai ampliar o fornecimento de energia elétrica para o Amazonas, inclusive para o interior”, garantiu o deputado. “Se o problema não for resolvido, em breve corremos o risco de enfrentar a revolta da população contra os apagões”, completou Tony.

Fonte: ParintinsAcontece

Nenhum comentário