Escritor Maraguá vence Concurso Tamoios

Rony já é autor do livro O caso da cobra que foi pega pelos pés, publicado pela Editora Imperial Novo Milênio e fez o lançamento durante o Salão.

A oitava edição do Concurso Tamoios (voltado apenas para indígenas) foi vencida pelo escritor maraguá Rony Wasiry Guará, de Boa Vista do Ramos, Amazonas. Seu texto Olho d'água- O caminho dos Sonhos foi escolhido pelo júri formado por especialistas indicados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil- FNLIJ- dentre dezenas de outros que concorriam ao prêmio.
A entrega da premiação aconteceu no dia 06 de junho durante a abertura do 13o. Salão FNIJ do Livro para Crianças e Jovens que este ano aconteceu no Centro de Convenções SulAmérica.
Na cerimônia, Rony lembrou a importância de concursos como este para incentivar os indígenas a colocarem no papel suas histórias e experiências. Segundo ele '' é de suma importância que nós indígenas sejamos motivados a escrever nossas histórias.O Brasil não conhece nossos povos e isso precisa ser feito para que a gente possa diminuir o preconceito que ainda existe. Ganhar este concurso foi muito bom, especialmente porque a história que contei é uma homenagem aos meus avós''.

Rony já é autor do livro O caso da cobra que foi pega pelos pés, publicado pela Editora Imperial Novo Milênio e fez o lançamento durante o Salão.
O concurso Tamoios é voltado exclusivamente para indígenas que podem concorrer com qualquer texto- seja individual ou coletivo- e em qualquer gênero literário. A premiação consiste em receber  um kit de livros para crianças e jovens e ter seu texto publicado pela Editora Autêntica.

Fonte: Revista Mekukiradjá

Nenhum comentário