Propostas selecionadas pelo Projeto Rondon para a Amazônia e Pantanal serão conhecidas neste sábado

O Projeto Rondon divulga neste sábado (19/03) os nomes das Instituições de Ensino Superior (IES) escolhidas para participar das Operações Peixe-Boi (Amazonas).

 As universidades e centros de ensino superior escolhidos enviarão 1220 estudantes e professores universitários para atuar 61 municípios dos Estados Amapá, Amazonas, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Nesses locais, esses estudantes e professores colocarão em prática os 122 projetos selecionados em um universo de 526 inscrições realizadas.
A Operação Peixe-Boi será desenvolvida entre os dias 8 e 24 de julho de 2011, nos seguintes municípios do Estado do Amazonas : Autazes, Barreirinha, Boa Vista do Ramos,
Careiro, Careiro da Várzea, Iranduba, Itacoatiara, Itapiranga, Manacapuru, Manaquiri, Maués, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Novo Airão, Parintins, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, São Sebastião do Uatumã, Urucará e Urucurituba.

Já a Operação Oiapoque será desenvolvida entre os dias 9 e 25 de julho de 2011, nos seguintes municípios do Estado do Amapá: Amapá, Calçoene, Cutias, Ferreira Gomes, Laranjal do Jari, Mazagão, Oiapoque, Pedra Branca do Amapari, Porto Grande, Pracuuba, Serra do Navio, Tartarugalzinho e Vitória do Jari.
A Operação Arara Azul será desenvolvida entre os dias 15 e 31 de julho de 2011, nos seguintes municípios do Estado do Mato Grosso do Sul: Anastácio, Bodoquena, Caracol, Corumbá, Guia Lopes, Ladário, Miranda e Porto Murtinho.
Por último, a Operação Tuiuiú será desenvolvida entre os dias 16 de julho e 1 de agosto de 2011, nos seguintes municípios do Estado do Mato Grosso: Araputanga, Arenápolis, Chapada dos Guimarães, Comodoro, Curvelândia, Denise, Glória D’Oeste, Jangada, Jauru, Lambari d’Oeste, Nobres, Nova Lacerda, Nova Olímpia, Poconé, Porto Espiridião, Porto Estrela, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatro Marcos e Vila Bela da Santíssima Trindade.
Sob a coordenação do Ministério da Defesa, o Projeto Rondon atua com a participação voluntária de estudantes universitários que desejam realizar  projetos de desenvolvimento sustentável, abrangendo comunidades do interior do País. O objetivo das ações é levar os estudantes e professores a entender melhor a realidade brasileira e contribuir para a elevação do bem-estar da população.


Fonte: Expressomt

Um comentário

Wesley Rezende disse...

Olá,

O que vocês esperam do Projeto Rondon para a cidade? Que tipo de projetos gostariam que fossem realizados?

Abraço